Ouça o novo trabalho da banda, o EP “Spiral”
Postado em 15 de outubro de 2021 @ 14:03 | 24 views


Foi lançado nesta sexta-feira, 15/10, o novo trabalho da banda gaúcha de Heavy Metal RAGE IN MY EYES, o EP “Spiral”, composto por cinco faixas, todas compostas e gravadas durante a pandemia. Com capa criada por Carlos Fides (Evergrey, Edu Falaschi, Shaman), o EP teve sua produção compartilhada em diversos estúdios, com as sessões de bateria realizadas no estúdio Black Stork, em Caxias do Sul, enquanto as partes de baixo foram registradas no Pepe Studio, em Porto Alegre. As partes de guitarras foram gravadas no Dry House Studio, também em Porto Alegre, e os vocais na cidade de Triunfo, no Moga Studio. Desta forma, e seguindo todos os cuidados em relação à COVID, Jonathas Pozo (vocal), Magnus Wichmann (guitarra), Pedro Fauth (baixo) e Francis Cassol (bateria) lançam este que já é um destaque de sua discografia. Com a emotiva intro “Farewell” abrindo o EP, “And Then Came The Storm”, “Dare To Defy”, “Spark Of Hope” e “Spiral Seasons” mostram toda a experiência e feeling da banda, que não pouparam esforços em criar um material de qualidade.

Ouça o EP “Spiral” no Spotify:
https://open.spotify.com/album/37P3QzOyzVCGsZr8VBdvJz

Navegando por estilos diversos, mas ainda focados em seu característico Heavy/Power Metal, o RAGE IN MY EYES novamente nos presenteia com o tradicional acordeom de Matheus Kléber na faixa “Spark of Hope”, fortalecendo sua ligação com a Milonga, ritmo regional oriundo da Argentina, Uruguai e do Rio Grande do Sul, presente também no Paraná e Santa Catarina. A banda inova, dentro de sua proposta, em adicionar linhas cantadas em português nesta faixa, tornando-a ainda mais bela. Sobre a temática do EP, a banda explica que “Spiral” não é inteiramente voltado à pandemia, mas que se assume completamente envolto pelas consequências e reflexos da mesma em suas etapas de criação e produção, expressando e imprimindo assim de forma artística as nossas perdas e nosso luto durante este período; do estranhamento com o novo cotidiano à busca por sanidade e adaptação neste ciclo que atravessamos. “Spiral” antes de mais nada é uma celebração à vida que segue, em memória e em ação, mas que segue compreendendo-se cíclica.

Assista ao vídeo clipe de “And Then Came the Storm”:
https://youtu.be/3iJ3tkqR1uU

Créditos da foto: Tiemy Saito

Notícias PTBR





TOP